Biz Stone, cofundador do Twitter, se une ao Pinterest

Rede social que funciona como catálogo de imagens adquiriu a Jelly, startup criada por Stone.

Pinterest, rede social que funciona como um catálogo de imagens, comprou a Jelly, uma empresa iniciante que desenvolve uma tecnologia de buscas na internet.

O anúncio feito conjuntamente pelas duas companhias nesta quarta-feira (8) soaria banal não fosse a dança das cadeiras por trás da aquisição: Biz Stone, um dos cofundadores do Twitter e também um dos criadores da Jelly, passará a trabalhar no Pinterest, empresa na qual ele investiu anos atrás.

“Meu conselho a empreendedores quando procuram investimento para mais uma rodada, como a Jelly estava para fazer, é que considerassem ofertas de aquisição. As razões para aceitá-las variam. Uma razão é levar o seu trabalho a milhões de pessoas imediatamente. Ben [Finkel, o outro criador da Jelly] e eu deliberamos e decidimos seguir meu próprio conselho. O interesse veio de várias companhias. Entre essas empresas estava o Pinterest. E nós conversamos”, escreveu Stone, em um texto publicado no Medium.

Adquirida pelo Pinterest, Jelly é empresa criada por Biz Stone, cofundador do Twitter. (Foto: Divulgação)

Investidor-anjo do Pinterest, criado em 2010, Stone é uma dos quatro fundadores do Twitter, que começou a funcionar em 2006. Ele diz que a rede social tem uma missão bastante similar à da Jelly: “buscas suportadas por humanos, uma ferramenta de buscas subjetiva e descobrir coisas que você não sabia que queria saber”.

Stone diz que ainda estão trabalhando nos detalhes da aquisição. Por isso, não poderia informar se a Jelly permaneceria separada ou seria integrada ao Pinterest.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *